Quando usufruímos dos produtos vindos da cana de açúcar, nem imaginamos como funciona o transporte dela até as indústrias. O principal meio utilizado é o rodoviário, com grandes e longos caminhões que trafegam pelas entradas até seu destino final.

Dessa forma, o setor de equipamentos foi evoluindo, criando um maior leque de opções entre os veículos. No post de hoje, vamos mostrar quais são os principais caminhões utilizados no transporte de cana de açúcar e suas capacidades.

Romeu e Julieta

Romeu e Julieta Caminhão

Primeiramente, é preciso entender alguns pontos importantes sobre o veículo. Um caminhão simples é composto por um ou dois reboques. O segundo caso, é popularmente chamado de Romeu e Julieta, em que ambos são conectados por um dolly aparafusado. A partir disso, existem as variações entre caminhões.

Treminhão

Treminhão

O treminhão é um tipo de veículo feito por um Romeu e Julieta, com a adição de mais uma Julieta (reboque). Esse tipo de caminhão é longo e suporta 45t de carga.

Rodotrem

Rodotrem

Esse tipo de caminhão era composto por dois ou mais semirreboques e um dolly de dois eixos, totalizando 9 eixos e peso bruto de 74 toneladas. Entretanto, uma resolução (640) autorizou o tráfego de um rodotrem com até 11 eixos, suportando uma carga de até 94t. Entretanto, esse tipo de caminhão precisa de autorização especial para trafegar nas rodovias.

 

Curtiu esse conteúdo? Aproveite e veja as demais publicações do site!