Imagem retirada de http://www.alvarodias.com.br/2015/07/senado-aprova-mp-que-libera-tratores-de-emplacamento-com-emenda-que-desobriga-maquinas-agricolas-do-pagamento-do-dpvat/

De acordo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) divulgados na segunda-feira (06), as vendas internas de máquinas agrícolas e rodoviárias no atacado atingiram 3.444 unidades em maio, queda de 16,9% na comparação com igual mês do ano passado, mas registraram um crescimento de 19,3% ante abril. No acumulado do ano, a queda é de 36% ante igual período de 2015.

Já a produção de máquinas agrícolas e rodoviárias chegou a 3.974 unidades em maio, queda de 31,6% em comparação com igual mês do ano passado, mas avanço de 3,4% em relação a abril. No acumulado do ano, a queda é de 43,5%. As exportações de máquinas agrícolas em valores totalizaram US$ 160,969 milhões em maio, alta de 15,1% na comparação com igual mês do ano passado e avanço de 12% ante abril. No ano, no entanto, as vendas externas acumulam retração de 3,2%, para US$ 743,897 milhões.

O total de máquinas agrícolas exportadas no quinto mês do ano chegou a 716 unidades, baixa de 23,8% em relação a maio do ano passado. Já em comparação com abril, houve alta de 0,8%. No acumulado do ano, retração de 20%, para 3.390 unidades.

De acordo com o presidente da Anfavea, Antonio Megale, a expectativa é de que haja uma "boa demanda" por recursos da linha de financiamento do Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota) com o aumento dos preços das commodities.

Segundo ele, o governo já informou o setor que as montadoras podem fazer seus pedidos de recursos a partir de terça-feira (7). Os recursos disponíveis para a linha, estimados em torno de R$ 5 bilhões, começariam a ser aplicados a partir de 1º de julho, quando começa o ano-safra 2016/17, pelo período de um ano.

Fonte: Udop, com informações da Gazeta do Povo