6 cuidados que você deve ter com os freios

Os veículos automotores contam com uma engenharia precisa para o funcionamento total dos automóveis. Cada peça, cada sistema e cada parte do caminhão precisam estar funcionando de forma correta a fim de evitar problemas e acidentes.

Dentre esses sistemas, está o de freio ou de frenagem, responsável por reduzir a velocidade do caminhão quando necessário. A Sergomel fabrica  peças para esse sistema, priorizando a qualidade e a segurança do motorista e carga transportada. A partir disso, o post de hoje vem falar sobre o que você precisa saber sobre esse sistema tão importante no caminhão.

Distância para frear

Para se ter uma freada com segurança, é preciso se manter uma velocidade e a distância em que o caminhão vai percorrer até parar. Na verdade, não há uma distância exata para 

Entretanto, apesar do cálculo, é preciso estar atendo às condições do motorista no momento, como atenção e ingestão de bebidas alcoólicas no momento da ação. Além disso, as condições de ambiente, atrito com asfalto, carga transportada e do veículo também influenciam nessa conta. Por isso, o condutor deve sempre manter uma distância plausível do local e/ou objeto, afim de garantir segurança na frenagem.

Circuito duplo

Você sabia que o caminhão possui dois circuitos independentes no sistema de frenagem? Esse tipo de composição foi inserida pelos fabricantes desde os anos 30 para que em caso de falha de um deles, o outro seja acionado e realize a frenagem.

Revisão

Aqui outra dica importantíssima para seus freios: realize revisão do veículo no tempo determinado pelo fabricante. Atente-se aos componentes do sistema de freio, e as interferências climáticas nas peças envolvidas a frenagem. É por meio dessa revisão que possíveis problemas ou até acidentes, podem ser relatados e resolvidos.

Água nos freios

Ter água juntamente ao líquido dos freio é mais comum do que se imagina. Isso porque uma das funções do fluido é absorver umidade e reter água. E, como o próprio reservatório possui uma abertura, facilita a entrada de ar e umidade nos freios.

Caso a quantidade de água nos freios seja elevada, o sistema de freio pode não funcionar da forma correta e comprometer a segurança na frenagem.

Líquido baixo

O líquido dos freios é importante para que o sistema de frenagem funcione de forma correta. Por isso, deve-se sempre se atentar ao nível em que ele está, indicado no próprio reservatório. Caso o nível do líquido esteja abaixo do indicado, procure um mecânico imediatamente, pois pode indicar desgaste nas pastilhas ou vazamentos no sistema hidráulico.   

 Pedal baixo

Quando se pisa sobre o pedal do freio, o mesmo não pode ter distância final maior do que 5 cm. Caso sinta que há dificuldade ou resistência em acionar, pode haver falha no sistema hidráulico. Isso porque o pedal aumenta conforme tais problemas aparecem, e consequentemente, prejudicam o momento de frenagem.

Com essas dicas, é possível evitar ao máximo problemas e defeitos no seu sistema de frenagem e assim, auxiliar na vida útil das peças.

Se você curtiu o conteúdo, compartilhe com seus colegas e navegue pelo nosso blog!