Tipos de açúcar: conheça as diferenças

Quando vamos ao mercado, nos depararmos com a diversos tipos de açúcar disponíveis para compra. Com diferentes origens, processos e gostos, fica até difícil saber qual é a ideal para nosso consumo. A grande maioria advém da cana-de-açúcar, planta de alto cultivo no Brasil e que exige equipamentos de transporte de qualidade com os da Sergomel.

Confira então, alguns tipos de açúcar e conheça mais sobre esse produto.

Processos de produção 

Depositphotos_153616760_m-2015

Primeiramente, é preciso entender um pouco a origem e processos de produção que o açúcar passa. A descoberta do produto é atribuído aos indianos, sendo oficialmente introduzida no Brasil somente em 1532, por Martim Affonso de Souza, para o cultivo na Capitania de São Vicente.

De lá para cá,  além do Brasil se tornar um dos maiores produtores e exportadores de açúcar do mundo, os processos também evoluíram, trazendo maior variedade e qualidade ao produto final. Na verdade, a maior diferença entre os tipos de açúcar é seu processo de refinação, no qual é responsável por purificar o produto. Quanto mais branca sua cor, maior nutrientes e vitaminas foram perdidos.

Tipos de açúcar

Açúcar Refinado

Depositphotos_105587370_m-2015

Esse tipo de açúcar é o mais popular e usado no mundo todo. Além de ser branquinho, ele recebe aditivos químicos durante o refinamento, como o enxofre, tornando-o branco e tão saboroso. Durante o processo de refinamento, alguns aditivos químicos, como enxofre, são adicionados para dar a coloração branca. Nesse processo, porém, algumas vitaminas e sais minerais acabam perdendo-se.

Açúcar Mascavo

Depositphotos_34214841_m-2015

O açúcar mascavo é conhecido por sua cor dourada e amarronzada, uma vez que é extraído do açúcar bruto da cana-de-açúcar, com refinamento sem aditivos químicos. Dessa forma, possui sabor mais encorpado e ainda tem nutrientes como cálcio, ferro e sais minerais, mantidos no produto final.

Açúcar Cristal

Depositphotos_19950315_m-2015

Com partículas grandes e transparentes, o açúcar cristal ou açúcar de confeiteiro popularmente chamado, é usado em grande parte para fins culinários. Além disso, ele é mais difícil de ser dissolvido em líquidos, já que passa por um leve refinamento. Entretanto, o processo ainda exige perda de  90% das vitaminas.

Açúcar Orgânico

Depositphotos_38076739_m-2015

Para produzir o açúcar orgânico, o refinamento é feito sem a utilização de ingredientes artificiais em sua composição.

Açúcar Light

Depositphotos_179825370_m-2015

Ao contrário do que muita gente acha, o açúcar light possui menos calorias que os demais açúcares, porém em grandes quantidade, pode fazer mal ao organismo. Isso porque o produto é uma combinação de açúcar refinado com adoçantes artificiais.

Independente do tipo de açúcar, é preciso que todo processo até a chegada do produto na mesa do consumidor seja feita com qualidade. Dessa forma, a Sergomel elabora equipamentos de alta resistência e durabilidade, garantindo que toda a cana-de-açúcar viaje até a as usinas em segurança e mantendo sua qualidade.